Atualmente, as empresas estão cada vez mais utilizando critérios objetivos para escolher qual o profissional que possui o perfil mais adequado para determinada vaga. Isso significa que os candidatos devem estar, constantemente, se atualizando, potencializando suas aptidões, e antecipando suas dificuldades. Você investe em seu autoconhecimento e dá a devida importância às oportunidades que surgem em sua vida profissional? Tais pontos são fundamentais para seu desenvolvimento de carreira. Afinal, a maioria dos fatores que fazem com que os profissionais prosperem em suas carreiras se baseiam nas capacidades que eles têm de aperfeiçoar os seus comportamentos. Daí a importância em entender o seu perfil comportamental.

No entanto, o problema é que poucas pessoas se dedicam a entender como realmente funciona a inteligência emocional em suas vidas profissionais. Pensando nisso, separamos aqui tudo o que você precisa saber sobre perfil comportamental, bem como qual é a sua influência sobre a carreira. Então, continue a leitura! 

O que é o perfil comportamental?

Em resumo, o perfil comportamental trata-se de uma classificação. Tal classificação categoriza pessoas de acordo com suas características mais marcantes, e a forma como elas reagem a determinadas situações do cotidiano. Dessa forma, a partir de um mapeamento, é possível entender quais são os pontos positivos de cada profissional. Além disso, também é possível averiguar quais são suas principais dificuldades, e quais delas precisam – e devem – ser trabalhadas e desenvolvidas. 

Esse mapeamento ajuda a melhorar a convivência e o clima organizacional das organizações. Além de auxiliar na formação de equipes de alta performance: altamente produtivas e eficientes.

O que é perfil comportamental
O que é perfil comportamental? | Foto: Freepik

Existem quatro tipos mais comuns de perfil comportamental:

  • Analista: esse perfil preza mais pela excelência e a qualidade em tudo o que faz. Em suma, é caracterizado por pessoas rígidas, exigentes, preocupadas, mas que transparecem calma, e costumam ser bastante curiosos e criativos. Além disso, costumam voltar-se para si em situações de conflito e estresse. Também são ágeis, inteligentes e possuem habilidade para tarefas mais detalhadas ou que exigem improvisação.   
  • Comunicador: esse perfil é mais expressivo, ativo, expansivo e falante. Os comunicadores não costumam gostar de mesmice, e possuem boa capacidade de adaptação. São os que tendem a trabalhar melhor em grupo, e estabelecem conexões com mais facilidade. No entanto, tendem a ser vaidoso, e não gostam de passar despercebidos, por conta disso, possuem dificuldades em receber feedbacks negativos.  
  • Planejador: pessoas planejadoras são mais calmas, cuidadosas e centradas. Costumam gostar de rotina e de regras. Ainda sim, são flexíveis, empáticos, observadores e de fácil convivência. Como eles preferem ambientes mais controlados, tendem a ficar improdutivos ou insatisfeitos quando algo não vai de acordo com o planejado. 
  • Executor: já esse perfil é caracterizado por pessoas que são otimistas, dinâmicas, e líderes natas, pois, não têm medo de assumir riscos. São ainda, pessoas determinadas e sentem-se motivadas por desafios. Além disso, são pessoas competitivas, e tendem a trabalhar com foco em resultados. Um ponto a melhorar seria a impaciência, o que faz com que os executores tomem decisões impulsivas.

E como eu sei qual é o meu perfil comportamental? 

O teste de perfil comportamental consiste em um questionário que irá avaliar combinações dos perfis básicos através de perguntas. São várias combinações possíveis, e geralmente eles são aplicados em processos seletivos para cargos de grande importância na empresa. Para aplicá-los com maior eficácia, o teste de perfil comportamental foi integrado aos softwares de recrutamento e seleção, que geram relatórios precisos e completos, assim, facilitando a análise por parte das equipes de recrutadores. 

A partir de um teste, você consegue informações sobre como você costuma lidar com as situações ao seu entorno, a forma como você se expressa, bem como o que te motiva ou desmotiva. Além disso, o relatório gerado pode indicar o seu:

  • nível de energia depreendido nas ações e atividades rotineiras;
  • índice de exigência do meio externo, ou seja, como você lida com as pressões;
  • índice de aproveitamento de suas habilidades;
  • qual é o seu perfil comportamental predominante;
  • sua forma de lidar com mudanças de decisões;
  • modo de lidar com as pessoas;
  • entre outros pontos fundamentais e que influenciam sua vida pessoal e profissional.

As empresas compreendem que cada profissional é único, mas os testes servem para indicar que, apesar disso, os profissionais se encaixam em um grupo. Por isso, a seguir, vamos entender a importância em entender qual é o perfil comportamental dos candidatos, tanto para a empresa, quanto para o candidato.   

Importância em conhecer o perfil comportamental

Sabia que a partir do conhecimento do seu perfil, você consegue ter acesso a infinitas possibilidades de transformar a sua realidade, e ainda, alavancar a sua carreira? Por isso, separamos, a seguir, a importância em conhecer o perfil comportamental: tanto para você, candidato, quanto para a empresa. Então, continue a leitura para entender! 

Para as empresas

Vamos começar pelas empresas e, então, entender quais são os benefícios adquiridos a partir do mapeamento de perfil dos candidatos e colaboradores de uma instituição. A seguir, listaremos uma série de benefícios. Confira:

Importância do mapeamento de perfil para as empresas
Importância do mapeamento de perfil para as empresas. | Foto: Freepik
  • Favorece a resolução de conflitos;
  • Facilita a decisão de contratação ou promoção;
  • Ajuda indiretamente com as ações de retenção de talentos e assim, reduz a rotatividade;
  • Permite reconhecer os pontos fortes dos candidatos e colaboradores;
  • Apoio na formação, treinamento e desenvolvimento das equipes de trabalho;
  • Melhora na comunicação e nas relações de trabalho;
  • Permite reconhecer comportamentos que precisam ser trabalhos;
  • Redução de taxas de absenteísmo (faltas e atrasos constantes);
  • Facilita o desenvolvimento de liderança;
  • Aumenta a produtividade e o desempenho individual e geral;
  • Fortalece a cultura e o clima organizacional;
  • Apoio ao gerenciamento eficiente, e nas decisões estratégicas, entre outros benefícios.

Para os candidatos

Em segundo lugar, para você que está em busca de conhecer e despertar a sua melhor versão enquanto profissional, mapear o seu perfil comportamental é uma forma de encontrar seus pontos fortes e os pontos que precisam ser lapidados. Também pode ser uma forma de melhorar os seus resultados em processos seletivos e, assim, conseguir a oportunidade dos seus sonhos. Nesse sentido, algumas aplicações do teste de perfil comportamental em sua vida profissional e pessoal podem ser para:

Promover o autoconhecimento

Ao entender qual é o seu perfil comportamental, você adquire autoconhecimento para desenvolver suas principais habilidades e competências. Afinal, essa ferramenta irá possibilitar que você tenha uma visão mais ampla dos seus pontos fortes e pontos a serem desenvolvidos. Usando como exemplo os 4 perfis principais, vamos dizer que você tem o perfil de planejador, e você precisa trabalhar melhor a sua inteligência emocional em relação os imprevistos.

Por outro lado, também é possível perceber quais são seus pontos fortes, como a flexibilidade e a facilidade em se comunicar com os demais, favorecendo um bom trabalho em equipe. Tais habilidades podem ser amplamente valorizadas no mercado de trabalho. 

A partir do autoconhecimento você consegue não só entender se o seu perfil é compatível com a empresa da qual está pensando em enviar seu currículo, como também aumentam as suas chances de realizar uma boa entrevista de emprego, por exemplo.    

Aumentar a motivação profissional

A partir do autoconhecimento adquirido após o mapeamento do seu perfil profissional, você consegue entender também em quais situações você se torna mais motivado. E consequentemente, mais produtivo. Além disso, a depender do seu perfil, você vai conseguir entender se consegue se engajar melhor com horários flexíveis, ou horários e ambientes mais controlados. 

Dessa forma, se você precisar de um ambiente com horários fixos e regras estabelecidas para se motivar no trabalho. Mas, a empresa descreveu no anúncio da vaga que o horário de trabalho é adaptável de acordo com a demanda. Ou ainda, é uma jornada híbrida onde alguns dias você terá que ir para a empresa, em outros precisará trabalhar em casa, logo sabemos que essa vaga não é para você. 

Direcionar o plano de desenvolvimento profissional e aproveitar melhor as oportunidades

O mapeamento do seu perfil comportamental também é essencial para quem busca novas oportunidades. Ou ainda, está em constante desenvolvimento profissional. Conhecer as suas competências a fundo, pode te ajudar a conseguir melhores entrevistas, além de possibilitar um filtro maior na hora de se candidatar. Afinal, com o seu perfil traçado, você conseguirá economizar tempo, dinheiro e evita desgastes com processos de recrutamento para cargos que não são compatíveis com seu perfil.  

Qual a importância do perfil comportamental na carreira?
Qual a importância do perfil comportamental na carreira? | Foto: Freepik

Melhorar sua capacidade de comunicação e resolução de conflitos

Sem dúvidas, a sua capacidade de resolução de conflitos aumentam quando você tem conhecimento do seu perfil comportamental, e também das pessoas ao seu redor, como a família, colegas de trabalhos, e até mesmo relacionamentos amorosos.

Isso, pois, você passa a identificar melhor como é a sua forma de pensar, seus medos, motivações. Além disso, é possível melhorar a comunicação, o que fica mais fácil encontrar uma solução que satisfaça as partes envolvidas no conflito. 

Aumentar a produtividade e o desempenho no trabalho

Conhecendo o seu perfil, você consegue entender melhor como evitar perder o foco. Bem como, quais são as interferências internas e externas que podem afetar a sua produtividade e o seu desempenho. Por exemplo, se você tem o perfil de executor e sabe que geralmente reage impulsivamente às situações do dia a dia, então, você conseguirá promover ações para melhorar esse ponto. E ainda, para que você não perca mais tempo tomando decisões precipitadas, e aprenda como avaliar e planejar.  

Promover o desenvolvimento e crescimento pessoal e profissional

Por último, a análise do seu perfil comportamental vai se ajudar a entender quais são suas maiores competências que vão te impulsionar rumo a seu sucesso profissional. 

Além disso, a partir da análise do perfil, você conseguirá entender quais são suas maiores dificuldades, e como elas estão te atrasando em sua trajetória profissional e também pessoal. Com uma análise detalhada do seu perfil, você terá uma noção do que precisa fazer para atingir seus principais objetivos de carreira. 

E assim, finalizamos o artigo de hoje. Esperamos que esse tenha sido útil para você! 

Por fim, você está em busca das melhores oportunidades do mercado? Deixe a EMPREGARE.com te ajudar nesse processo! Cadastre seu currículo gratuitamente, e tenha acesso ao nosso banco de vagas e muitos outros benefícios. 

Além disso, aproveite para acompanhar mais conteúdos como este aqui nos outros canais da EMPREGARE.com: